Hi, How Can We Help You?

“Advocacia é agente de tran...

“Advocacia é agente de transformação social”, diz Lamachia durante inauguração na OAB-SP

Em seu discurso durante a cerimônia de inauguração do novo auditório da OAB-SP anexo à sede institucional, o presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia, pregou a união da advocacia como forma de potencializar seu papel de transformadora social. Ele destacou ainda que a história da OAB se confunde com a própria democracia. Participaram da solenidade também o presidente da OAB-SP, Marcos da Costa, o ministro da Justiça, Torquato Jardim, o presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, Manoel de Queiroz Pereira Calças, o ex-presidente da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, e o ex-presidente da OAB-SP, Luiz Flávio Borges D’Úrso.

Segundo o presidente da OAB, a Ordem é muito mais do que uma entidade de classe, é uma entidade que tem compromisso com a democracia, com o Estado Democrático de Direito, com a defesa das instituições e com os direitos humanos. “O momento é de muita responsabilidade, acima de tudo. Estamos num processo eleitoral dos mais relevantes desde a redemocratização há 33 anos. Temos de votar de forma consciente. O CFOAB lançou uma campanha buscando exatamente consciente do poder e dever do voto a todo cidadão. Voto não tem preço, voto tem consequência. E a consequência de uma escolha malfeita é essa crise ética e moral sem precedentes que temos visto no Brasil. Portanto, é momento de unirmos porque nós advogados e advogadas somos agentes de transformação social. Temos de cumprir o nosso papel e a nossa missão”, afirmou Lamachia.

“Fico duplamente honrado por este momento. Lembro que em 2014, compareci ao lado do então presidente Marcus Vinicius, eu como vice-presidente, à inauguração desta belíssima sede. O Conselho Federal da OAB aplaudindo São Paulo. Hoje tenho a felicidade de participar da inauguração deste auditório que será espaço do diálogo, da liberdade, da igualdade e da fraternidade. É isto que a OAB defende e este espaço será propício para esses fins”, disse Lamachia.

O presidente da OAB-SP destacou que São Paulo tem uma parceria excepcional com o Conselho Federal há muito tempo. “Esta obra é da advocacia de São Paulo. Este prédio começa lá atrás quando numa parceria com o Conselho Federal foi possível comprar a nossa sede fazendo com que a advocacia depois de tanto tempo pudesse ter instalações adequadas a dimensão da advocacia de São Paulo”, lembrou ele.

De acordo com Costa, faltava à OAB-SP um auditório digno de sua grandeza. “Este espaço será, a partir de hoje, o espaço da valorização da ética porque sem ela não é possível o exercício da nossa profissão. Um espaço de defesa intransigente das nossas prerrogativas. Sabemos que a violação de nossas prerrogativas significa um atentado ao principal direito de uma democracia, que é o direito de defesa. Um espaço de constante aperfeiçoamento cultural e jurídico. Aqui certamente teremos muitos eventos sempre com a presença maciça de advogadas e advogados. Um espaço de debates, de formulações de políticas públicas e fortalecimento da cidadania, esse papel tão relevante que exerce a nossa instituição. Um espaço de consagração de nossos compromissos de defesa da Constituição e ordem jurídica, do Estado Democrático de Direito, dos direitos humanos, da justiça social e boa aplicação das leis. Acima de tudo que seja um espaço diário de defesa e celebração da nossa profissão, a advocacia”, declarou ele.

O ministro da Justiça destacou a importância da OAB para a construção da democracia no país. “Que a OAB de São Paulo continue na proeminência da proteção e da garantia da democracia, particularmente no momento em que o Brasil vai às urnas para renovar sua esperança em mais democracia tão dividido como raras vezes esteve na sua história. O Brasil deve ir às urnas mostrar que está cansado do ódio e da desesperança. O Brasil vai renascer e a OAB estará à frente disso sem a menor sombra de dúvida com todos os advogados do Brasil”, acrescentou o ministro da Justiça.

O presidente do TJ-SP também saudou as novas instalações. “O TJ-SP sente-se extremamente honrado de participar deste evento extremamente importante não apenas para a advocacia de São Paulo, que sem sobra de dúvidas é a trincheira de defesa do Estado Democrático de Direito e das liberdades em todos os momentos como representante da sociedade civil”, afirmou Calças.

FONT: OAB

Share Post
WhatsApp chat